Bonner Eyes (crônica retrô)


Há muito tempo que assisto ao Jornal Nacional e reparo em algo que dá o tempero neste tradicional telejornal: o olhar de William Bonner. Não, não é viadagem. É só uma pertinente constatação. Podem reparar, ele tem um olhar que passa as mais variadas emoções, dependendo do teor da notícia exibida. Isso mostra total envolvimento e análise crítica do que foi mostrado. Mas ele só lança estes olhares após uma notícia dada pela Fátima Bernardes, afinal, há um rodízio de falas. Em um profundo estudo, constatei basicamente 5 olhares diferentes. Vamos a cada um deles.

1 – Olhar de reprovação – Quando a notícia trata de temas polêmicos como corrupção, violência ou maus tratos ambientais ele lança seu olhar indignado. Características principais: olhos fechados 50%, pupila normal, sombrancelha a 45º, lábios contraídos (estilo biquinho) fechados, semblante rígido e leve movimento lateral da cabeça de forma negativa.

2 – Olhar carinhoso – Quando é dada uma notícia que envolva coisas ingênuas, como o discurso de uma criança, a câmera volta no Bonner e este lança um olhar com as seguintes características: Olhos esticados, pupilas suavemente dilatadas, sombrancelha acompanhando o movimento dos olhos, lábios horizontais, porém com as pontas verticalizadas, bochechas róseas e cabeça levemente pendendo para a esquerda.

3 – Olhar cômico – Quando o assunto é engraçado ou há uma entrevista com um desfecho cômico, Bonner se posta da seguinte maneira: Olhos totalmente esticados, sombrancelha no cume da face, dentes à mostra, sorriso a la coringa e cabeça pendendo em direção à Fátima Bernardes, pedindo por seu envolvimento.

4 – Olhar indiferente – Quando é uma notícia corriqueira, tipo cotação de bolsa ou previsão do tempo, Bonner se posiciona assim: Olhos 70% abertos, pupilas normais, boca horizontal fechada e às vezes uma piscadela como se anunciasse a sequência do noticiário.

5 – Olhar surpreso – Notícia de acidentes extraordinários, catástrofes naturais ou fenômenos de quaisquer naturezas deixam Bonner assim. Olhos arregalados, sombrancelha oscilante, boca semi-aberta, propensão a apoiar o queixo em sua mão fechada e semi-curvatura do tronco que logo se desfaz ao notar a presença da câmera.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Pombinha Manca

Pergunta indiscreta