Desafio


Mal saí da chapação de saber que serei pai, recentemente descobri o sexo: uma menina. Meu mundo foi ficando cor-de-rosa, cheio de Peppas Pig, Barbies e fru-frus femininos e apaixonantes. Mas junto com a notícia, vieram as tradicionais brincadeiras: "Ah, virou fornecedor", "Vai pagar seus pecados" e "Já arrumei namorada para meu filho". Tentando colocar os pingos nos "is" e mostrando quem manda na casa (depois da minha esposa e da futura filha), vou citar aqui os 10 mandamentos de quem quer conquistar a minha princesa. Por isso, se você é um menino que ainda não nasceu ou é recém-nascido, leia com atenção. Se ainda não sabe ler (já começou mal, educação é crucial. Mas tudo bem, vou dar um pequeno desconto pela idade, mas vai se mexendo, fedelho), peça para seus pais lerem. E mesmo que você siga radicalmente os 10 mandamentos não significa que o coração dela é seu, mas poderá encontrá-la regularmente, desde que siga as regras dos 8 volumes do manual de iniciação de aproximação com fins amorosos; algo que você, ousado pretendente, só vai conhecer passando pelos 10 mandamentos a seguir:

1 - Traga-me cerveja

Não precisava nem dizer isso. Se você é pretendente da minha bela menina já deveria saber que o Rei do Trocadilho, o Mestre das Crônicas (isso mesmo, respeite estes títulos), adora cerveja. E não me venha com cerveja quente ou de marca ruim, e muito menos tente me embebedar para conseguir minha simpatia. Você vai cair antes. Mas se eu cair antes você tá fora porque filha minha não namora alcoólatra. Aqui vale um alerta muito importante: se você passar da conta na bebida, vai precisar prestar muita atenção no meu estado de humor. Seu limite sou eu quem dou.

2 - Ria dos meus trocadilhos e mostre-se meu fã

Como dito anteriormente, sou um trocadilhista crônico. Sim, aquele futuro tiozão que vai contar as mesmas piadas na ceia de Natal. Aquele que vai falar: "toca aqui, deixa que eu toco sozinho". Aquele que vai dizer, em um almoço dominical, o famoso é pavê ou pacomê. Por isso, ria muito, mije nas calças. Mais que isso, decore meus trocadilhos. Fazer algo como: "olha esse que aprendi hoje - violência gera violência, samba gerasamba. Ah, esse trocadilho é seu, né, sogrão? É muito bom hahahaha" conta pontos importantes em seu ranking. E aproveita para me trazer uma cerveja.

3 - Respeite (demais) os horários

Marcamos 22h? Traga a minha filha às 21h. E uma cerveja.

4 - Período de carência para beijos

O beijo é algo muito sério, uma intimidade extrema que deve ter um significado forte para acontecer. O primeiro beijo deve acontecer em minha presença. Se assim não for, reze para que eu não descubra pois senão adotarei estratégias terroristas: se o primeiro beijo foi na mão, deceparei a sua e assim sucessivamente. Se bem que se eu decepar sua mão, como trará cerveja? Ok, na mão pode.

5 - Viagem a dois? Que viagem

Pirou? Não, fala sério, você comeu cocô, né? Sua primeira viagem a dois tem um nome: Lua de Mel. Mas isso não significa que é proibido viajar com ela, desde que na companhia ou da família dela ou da nossa ou de ambas. EM QUARTO COLETIVO E CAMAS DIFERENTES, vale lembrar. E nada de ficar com olhos de gavião ao vê-la de biquini, a não ser no caminho até o vendedor da cerveja que você vai me trazer.

6 - Sou Guarani

Se você também é e me trouxer uma cerveja, meu amigo, creio que teremos uma verdadeira amizade. Mas isso não significa facilitação. Se você torce pra qualquer outro time, respeite o momento difícil do meu time. A sorte é que provavelmente ele não jogará com o seu, portanto, traga a cerveja e vamos torcer juntos. Mas se o seu time é o outro de Campinas, sinto lhe dizer que seu caminho é mais difícil a não ser que a cerveja esteja trincando.

7 - Me faça agrados

Pode ou não ser em datas especiais. Árvore de cervejas no Natal, pegadas de latinhas pela casa na Páscoa, colocar rodas no fardo de cerveja gelada e fazer um carrinho no Dia das Crianças, fazer um boneco meu sendo que o barril de chopp gelado é a minha barriga (nesse caso aceito o bullying) são algumas ideias interessantes.

8 - Hora do pesadelo

Minha esposa autorizou que você durma em casa hoje? Pode acreditar, é uma exceção. Pode comemorar, é um avanço. Pode se desesperar, você vai viver algo como jogos mortais. Haja como Nestor Cerveró: fique de olho. Vocês estarão em quartos separados, mas qualquer movimentação estranha - a menos que seja a caminho da cozinha para pegar a minha cerveja da madrugada - será motivo para desejar a morte mais cruel, pois isso será mais ameno do que estará por vir. 

9 - Nem pense em pegadinhas do Mallandro

Sou um cara com um extremo senso de humor. Rio por qualquer besteira. Mas não use isso como um passaporte para aprontar comigo. Falsa gravidez e virgindade rompida me farão ter 5 AVCs, 12 infartos e 22 rompimentos anais. Mas antes você será cobaia de experiências de novos tipos de morte do Estado Islâmico. E não há cerveja que salve desta vez.

10 - Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia pode te tornar um forte candidato a genro do Rei do Trocadilho, o senhor das palavras, o lord dos textos. É batata: coloque câmeras GoPro em sua cabeça, como se fosse aquelas que ficam no carro do Google Street View. Depois, insira sensores de movimentação - que dão choque em caso de avanço de limites - em locais estratégicos do corpo (mãos, pés, boca e partes íntimas). Em seguida, instale um GPS em qualquer parte do corpo. E, por fim, configure os 2 drones com granada para te seguir. Pronto, confio 100% em você. E pode usar o drone pra levar a minha cerveja.

Comentários

  1. Muito bom, tirando o item 06 por motivos óbvios. Quando a sua princesa nascer em Campinas só existirão dois times, PONTE e Red Bull, kkkkkkk....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Pombinha Manca

Pergunta indiscreta