Ervilha


Eu odeio ervilha. Na verdade não é o alimento que eu menos gosto. O que me irrita é seu poder de propagação. Ela tem um gosto sem graça e às vezes até atrapalha o sabor do alimento principal. Pode perceber, se você pede uma pizza meio portuguesa e meio qualquer outra coisa, lá estão as malditas invadindo a outra metade. E se por algum acaso você dividir um recipiente com um pedaço de pizza e qualquer outra coisa, as verdinhas do cão estarão, como parasitas, se apossando da outra coisa.
Você não dá nada pra elas, mas quando nota, elas estão tomando conta do seu prato. Dias desses fiz um experimento: peguei uma pizza portuguesa, coloquei no prato e comecei a separar as ervilhas em um cant. Logo o prato estava tomado. Elas se escondem entre o queijo, debaixo do presunto e onde mais precisar. Desconfio até que elas se reproduzem com o calor. E por mais que você tente caçá-las no meio da refeição, certamente terá ingerido algumas delas. Não tem como fugir.
E para não incitar o ódio e a intolerância contra elas de maneira tradicional, vou fazer uma poesia

Uma ode ao ódio aos verdes grãos

Ervilha, ervilha, sem você seria uma maravilha
Ervilha, ervilha, invade o prato todo dia e nunca perde essa mania
Ervilha, ervilha, é tradição desde a queda da Bastilha
Ervilha, ê, ervilha, a, ervilha, oh yeahhh

Eu odeio a ervilha, não daria nem pra minha filha
Eu tento caçar uma a uma, mas ela sempre me humilha
Tem no queijo, no arroz e na sopa bota pilha
Vi na rua um Uno Milho, com farol de milha

Ela está por toda parte, até na mais remota ilha
Pode estar no canto da sala e até na sua virilha
E se você tentar fugir ela vai seguir a sua trilha
Se jogar líquido fluorescente, de noite ela brilha

Tem gente que disfarça seu gosto, com essência de baunilha
Mas fica um sabor ruim na boca, que só sai com pastilha
Talvez o único jeito de derrotá-la, seja fazer uma guerrilha
Ervilha é rápida. Se fosse devagar seria lentilha.

Pra fazer essa crônica, acessei o Google de Sevilha
Pesquisei por palavras que terminam com "ilha"
Aproveitei para saber mais sobre a Revolução Farroupilha
Coloquei todas as informações em uma planilha

Terminei o estudo e vesti minha sapatilha
Fui pro São João dançar quadrilha
Opa, desculpem, está aberta minha braguilha
E chega de falar da ervilha, essa andarilha maltrapilha.

Que bosta de croniquilha





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Sábio guru

Pombinha Manca