10 verdades definitivas sobre a paternidade


A paternidade é uma dádiva divina, algo que muda sua vida de uma vez por todas, uma sensação incrível. Mas ser pai não é para qualquer um e, tomando como base meus 8 dias de progenitor, cheguei às 10 verdades definitivas sobre a paternidade.

1 - Se você quer mesmo, do fundo do seu coração, nas entranhas de sua alma, nas profundezas de sua essência escapar do ritual da troca de fraldas, seja um eficiente assesssor. Acompanhe cada movimento da mãe, deixe os acessórios - algodão, cotonete, fralda, água, etc. - sempre ao seu alcance. E seja rápido, antecipe as ações. Se mostrar eficaz faz com que ela esqueça que você não está colocando a mão na "massa".

2 - Uma simples esticada de corpo no sofá pode ser sua única forma de descanso. Por isso, aproveite cada período livre para dormir, mesmo que seja de pé. Seu bebê vai consumir a mais remota forma de energia viva de seu corpo, deixando-o em um estado pré-zumbi com sintomas como alucinações leves, pocket convulsões e desconexões severas de neurônios, dificultando atos simples, como falar.

3 - O bebê tem como forma de comunicação somente o choro. É através dele que você saberá se ele está com fome, sono, dor ou outra coisa. Na teoria isso é simples, mas entender o chorês, no começo, é como ter aulas de mandarim com um professor alemão nascido no Harlem. E conforme ele for ficando impaciente com a falta de solução, o choro vai ficando mais agudo e rasgado, entrando como um estilete em seu tímpano.

4 - Bebês são traiçoeiros e usam sua extrema fofura a seu favor. Você percebe isso naquele momento tenso de choro extremo…dos pais, quando os mesmos estão quase pensando em desistir e deixá-lo no berço, desabando em prantos. Nessa hora ele simplesmente cessa o choro, dorme e faz carinha de anjinho no seu colo. Você comemora e já se ajeita na sua cama quentinha e convidativa. Está entrando no nível REM do sono e….unhéééé. Começa tudo de novo. E você enxerga o sorriso irônico no rostinho angelical.


5 - O Pediatra vai te passar uma cartilha de bons modos na criação do bebê em seus primeiros dias de vida e nela você verá algumas regras que, segundo ele, devem ser seguidas à risca. Coisas como não amamentar demais e de 3 em 3 horas, evitar complementos, não pegar toda vez que chorar, entre outras coisas. Você até tenta, mas basta a necessidade de dormir falar mais alto e a impaciência predominar e você esquece qualquer dica do doutor.

6 - Na maternidade, você vai usar e abusar de toda a comodidade e estrutura que o hospital lhe dá. Bebê chorou, chama a enfermeira. Cocô à vista, vem enfermeira. Está pressentindo que o alinhamento da lua com Saturno vai interferir no humor do neném, aciona a enfermeira. Você viverá com a campainha na mão durante os dias que precedem a alta.

7 - Pais, antes de serem pais, sempre supõem que a paternidade é algo tranquilo, que vai tirar de letra. Até que o seu bebê nasce. A neurose psicótica de 4o grau te envolve. Uma piscada torta de bebê pode significar cegueira. Um choro te faz entrar em desespero máximo. Um vento frio no quarto pode dar pneumonia. Uma balançada na cabeça pode desgrudá-la de seu corpinho.

8 - Todo pai vai usar em abundância a expressão "Ai, meu Deus". No banho, quando a mãe segura o corpo do recém-nascido com apenas uma mão. Na troca de fralda em cima da cômoda, quando ele ameaça rolar pelo móvel. Ao tirá-lo do carrinho. Quando a manta tapa seu rosto. Quando ele soluça. E o pai vai usar isso durante muitos anos, só mudando os motivos.

9 - Pai não sabe fazer 2 coisas ao mesmo tempo. Portanto, se ele está fazendo o pimpolho arrotar, é somente isso que ele conseguirá fazer. As duas mãos estarão ocupadas nesta tarefa. E não tente ensiná-lo a desenvolver essa competência. Vai dar merda, sério.

10 - O homem é um pouco egoísta e carrega uma essência de solteiro até se tornar pai. Antes, ele não abre mão de uma cervejinha, aquele futebol na TV, roupas novas, churrasco com amigos. Depois, amigo, esquece. Sua vida será 47,5% sua(eu) filho(a), 47,5% sua esposa e 5% você. Este 5% você vai depender se agrada as outras 2 partes.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Pombinha Manca

Pergunta indiscreta