Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Não vale 1 real

Imagem
Dias atrás eu experimentei a sensação de que havia um fio de luz de esperança na humanidade. Eu explico. Precisava comprar uma abraçadeira para conectar o esguicho na torneira. Com a autruísta intenção de dar uma força para a economia do bairro onde moro, procurei o produto em uma lojinha modesta. O dono, um senhor com seus 60 e poucos anos, cabelos brancos de algodão colhido pelas freiras cantoras da Romênia, todo bonachão, com suas bochechas rosadas e esbanjando simpatia e simplicidade, me recebeu com uma alegria contagiante, todo solícito.

- "Pois não? o que o nobre amigo deseja?", perguntou o dono
- "Eu preciso de uma peça que conecta o esguicho na torneira, mas não sei o nome", respondi.
- "Ah, abraçadeira....está na mão", replicou, com total segurança e propriedade
- "Isso mesmo. Quanto custa?", indaguei
- "Um real", ele respondeu, sem titubear.

Olhei minha carteira e só havia uma nota de 50 reais. Pensei: "Poxa, sacanagem,…

15 minutos

Imagem
Ontem fui ao shopping resolver 2 coisas: pegar uma calça em uma loja e sacar dinheiro. Só. Tinha 15 minutos para a missão, pois mais que isso eu pagaria R$ 8,00 do estacionamento. Para não perder tempo, parei o carro próximo à entrada da Renner, que ficava perto da loja. Saí em disparada. No caminho, uma atendente me interceptou: "Não quer fazer o cartão da loja?". Ignorei só no gesto. Saí da loja e virei à esquerda. Caminho errado. Fui até o fim do corredor para perceber isso. Voltei. Fui até o fim e não encontrei. Gotas de suor denunciavam minha tensão. "Será que é no primeiro piso?", me perguntei. Não, eu pesquisei antes. Voltei ao local de origem e respirei. Lembrei que a loja fica do lado oposto da Renner e eu me concentrei nas que ficavam ao lado. Comecei de novo e encontrei. Já estava no minuto 5:27. Ofegante, já ordenei: "Vim pegar minha calça". Vendo meu desespero, o vendedor se apressou. "Quer experimentar?", perguntou. Só com o gesto…

Cancelando a NET

Recentemente eu cancelei a assinatura com a NET (já devia ter feito bem antes) e pouco tempo depois comecei a receber ligações que ficavam mudas ao atender. Mas eram muitas ligações, coisa de 1 a cada 10 minutos em alguns períodos. E pesquisando o número na internet, encontrei fortes indícios de que ele pertencia à NET.
Daí pensei: uma empresa que age assim, de forma tão imatura, o que posso esperar daqui pra frente? Pensei em algumas coisas: - Eles marcarem um dia para retirar o equipamento e virem, 3 dias depois, às 6 da manhã.
- Ao chegar em casa, tocam a campainha e saem correndo.
- Mandarem um boleto com o remetente "Mauro bobão, cara de melão"
- Ligarem pra mim e peguntarem se tem um carro cor de gelo da NET na frente pra depois falar que derreteu.
- Me verem distraído na rua e colarem um papel em minhas costas com os dizeres: Eu amo a NET.

Trollada da Esposa

Imagem
Hoje a minha esposa me trollou. E pegou pesado. Foi o seguinte: ela recebeu de uma amiga, via whatsapp, uma mensagem que continha um vídeo com a imagem estática da tela de ligação telefônica de uma pessoa para você. E essa pessoa era um homem forte, bonito e gostosão, sem camisa, em pose extremamente insinuante e sexy. Junto com a mensagem, uma instrução: "coloque a imagem em tela cheia, dê o play e fale para seu marido atender". Resumindo: minha esposa dá o play, sai (sem que eu perceba), fala pra eu atender e quando eu chego perto fico boquiaberto com a revelação (um sexy symbol liga para minha esposa).
Ao ver a imagem do ser boa pinta fiquei em estado de choque/coma por alguns segundos. E 5 coisas passaram pela cabeça, nessa ordem:
1 - Arremessar o celular no meio da rua, botar fogo na casa e fazer um GTA pela cidade. 2 - Atender e falar um Aurélio inteiro de palavrões. 3 - Pegar o celular, levar para minha esposa e dizer: nossa, que gato, você tem bom gosto, amor. (Menti…