Mosquito geneticamente xavecado


Li uma notícia recentemente dizendo que mosquitos geneticamente modificados foram soltos em Piracicaba para copular com as fêmeas para gerarem insetos que não transmitam as doenças associadas ao Aedes aegypti. E o resultado parece que foi satisfatório. Alheio a tudo isso, fiquei pensando como seria o xaveco do mosquito intruso com a fêmea.

Em um bar

Mosquito - E aí, gata? Ou melhor, mosquita. Você sempre voa por aqui?
Fêmea - Nunca te vi por aqui. De onde você é?
Mosquito - Sou da terra das pirâmides, o aegypto.
Fêmea - Hum, ouvi dizer que os mosquitos de lá tem pênis longo
Mosquito - Sim, a terra da picadura
Fêmea - Mas qual o seu nome?
Mosquito - Chico Gunha
Fêmea - Nossa, adoro essa música que tá tocando. "Manoel, foi pro céu...". Quem toca?
Mosquito - Aedes Mota
Fêmea - Adoro
Mosquito - Então vamos dançar, aproveito e te faço um dengo
Fêmea - Como você é romântico. Acho mosquito insensível o fim da picada
Mosquito - Aceita um red bull?
Fêmea - Obrigado, já tenho asas
Mosquito - Ouvi dizer que aqui tem muitos casos de doenças associadas a você
Fêmea - Ah, somos um sucesso. Viramos uma febre nacional
Mosquito - Que zika, hein? Mas ouvi dizer que estão vindo com um tratamento novo
Fêmea - Vírus essa boca pra lá. Quem te disse?
Mosquito - A TV transmitiu. E essas notícias voam.
Fêmea - Vamos mudar de assunto. Você pratica algum esporte?
Mosquito - Sim, raquetinha. Elétrica.
Fêmea - Adoro esportes radicais.
Mosquito - E você, faz algum?
Fêmea - Não, sou dona de casa. Minha vida é um eterno larva roupa todo dia, que alegria
Mosquito - Bom, mas chega de papo, vamos nos beijar
Fêmea - Sai pra lá, não sou pro seu bico
Mosquito - Ok, vou picar a mula

E assim acaba a tentativa frustrada

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Sábio guru

Vaguinha difícil