O fim da magia do Natal



Tão delicado quanto o momento em que a criança descobre que o Papai Noel não existe é o momento em que ela é apresentada a ele. E foi isso o que aconteceu às vésperas do Natal para minha filhota. Fomos ao shopping ver algumas coisas e para que o programa fosse legal também para a pequena, contamos que ela conheceria o Papai Noel.

Nunca vi tamanha felicidade em um rostinho tão delicado. "Papai él, Papai él", dizia ela, do momento em que entrou no carro até a aproximação do bom velhinho. A nós, pais, cabia preservar e fomentar a magia do momento, afinal, o Papai Noel é nada menos que o responsável pela entrega do presente que ela tanto sonhou durante o ano. Era notória a ansiedade em ver São Nicolau, versão comercial.

Cada árvore de Natal e cada guirlanda no caminho era como ela caminhasse em um mundo de fantasia que só as crianças podiam frequentar. Em poucos metros já era possível ver a casa dele e algumas crianças se aproximando. Em um desvio de olhar, vejo aquela bota preta com fivela dourada e a barra "algodoada, estilo flocos de neve dos alpes austríacos" da calça vermelha. Sem dúvidas, era Papai Noel. Até eu me rendia à magia do momento.

Cheguei mais perto e vejo Papai Noel e suas 2 assistentes se aproximando. Aponto para ele. "olha lá, filhinha, o Papai Noel". Ela olha, um pouco assustada. Até que ouço o bom velhinho olhar para mim e dizer: "esse papai é bugrino". "Nossa", pensei, "É realmente o Papai Noel!!, como poderia saber algo tão particular?".

Aquilo me deixou desconfiado. Me aproximei do bom velhinho e, para minha surpresa, tratava-se de um antigo amigo de trabalho em uma agência de publicidade. Com a Lívia no colo, fui cumprimentá-lo:
"Fala, Rafa, tudo bem?"
"Fala Maurão....oi, barrigão (disse ele, apertando a barriga da minha filha).
Com um tapa em sua mão, ela soltou um sonoro "NÃO!!". Dava pra ver o olhar de frustração dela, ao saber que Papai Noel era, na verdade, um colega de trabalho do papai. E assim acabou a magia do natal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Sábio guru

Vaguinha difícil