Bom dia para todos



Cheguei ao prédio onde trabalho e dei meu costumeiro bom dia à recepcionista. E ela retrucou com um "Bom dia, tudo bom?". Agora eu me pergunto: Por que raios uma pessoa responde um bom dia com uma outra pergunta? Basta responder ao meu bom dia com um outro bom dia. Simples assim. 

Não quero entrar no mérito se as coisas estão ou não estão bem em minha vida. E ainda ela pergunta se TUDO está bom. Isso levaria horas de conversa e vamos combinar que são raros os seres humanos dispostos a uma prosa às 8h da manhã. 

Se eu tive a iniciativa de dar o bom dia, a pessoa tem que estar focada em responder apenas o que afirmei. Se eu quisesse falar das coisas que estão bem em minha vida eu entraria no prédio e falaria: Bom diaaa! 

Vamos falar de coisa boa: a minha vida! Mas não foi isso que aconteceu. Eu entrei e falei um Bom dia! seco, curto e objetivo. Pura formalidade. Não sou um apresentador de programa de auditório para disseminar a alegria através de um Bom dia. 

Minha intenção foi tão e somente desejar que a recepcionista tenha um bom dia. Não fiz uma solicitação de amizade sincera e duradoura. Nem quero contratá-la como minha analista para entrar nas minúcias da minha vida. E bom dia pra todos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Pombinha Manca

Pergunta indiscreta