Velocidade de Cruzeiro



Vamos falar de física: eu ando a uma velocidade média de 6 km/h e me sinto confortável assim, nunca tive problema. Falo isso porque as pessoas estão divididas em 5 categorias, de acordo com a velocidade ao andar: As paradas, as que andam devagar, as que são aceleradas, as que correm e as que andam a 6 km/h (SOMENTE EU! Pelo menos é o que acreditava até semana passada).
Ok, vamos ao fato: 6 km/h é uma velocidade que julgo perfeita para encarar as outras 4 categorias. As paradas e as que andam devagar ultrapasso com facilidade. As aceleradas e corredoras deixo passar. É assim nos shoppings, ruas, clubes, prédios, etc. E a vida segue.
Mas essa semana mudei de emprego e no bairro onde trabalho há outras dezenas de pessoas que andam a uma média de 6 km/h, com variações de 1 km/h para mais ou para menos. Daí você me pergunta: qual o problema? O problema, amigo, é que ultrapassar essas pessoas me tira da zona de conforto.
Às vezes preciso apertar o passo, outras percebo que não vou conseguir passar e tenho que desacelerar, podendo causar variação no batimento cardíaco. Ou seja, vou ter que pensar em uma outra velocidade de trajeto e me preparar para sustentar.
Desculpe o desabafo. Quantas curtidas merece esse guerreiro que vos fala?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O negão da piroca

Sábio guru

Pombinha Manca